Testemunhos

Após regressar a casa em representação de Cabo Verde no festival da streetfootballworld em Lyon, França, segue o depoimento da experiência que foi participar do evento que se realizou de 28 de Junho a 07 de Julho do corrente ano.

Lider da Delegação_SamirSamir Amir Furtado – Líder da Delegação

Primeiro, gostaria de agradecer a  streetfootballworld (sfw) e a Sport Dans La Ville (SDLV) e também a todas as delegações presentes no festival16 por mais esta espantosa e inesquecível experiência.

O festival16 particularmente significou muito para mim porque pude conhecer pessoas de todo o mundo, pertencentes a países diferentes, falando línguas diferentes, vivendo vidas diferentes mas partilhando os mesmos objectivo, trabalhar com crianças e jovens para um mundo melhor e posso dizer que somos capazes de fazer isso e estamos fazendo isso.

As experiências foram muitas, todas elas muito gratificantes, mas gostaria de ressaltar a ideia do programa curricular para jovens líderes implementada pela ONG “OSCAR FOUNDATION na Índia,um programa intensivo durante 6 meses em que consiste em preparar os jovens líderes da fundação para um futuro cada vez melhor, onde depois têm a oportunidade de por em prática tudo aquilo que aprenderam 3 vez por semana dentro da organização, eis um programa que o Centro da Educação Delta Cultura (CEDC) adaptar à realidade de Cabo Verde e implementar como forma de chamar mais os jovens ao centro.

Na minha ideia, a melhor forma de partilhar tal experiência com a minha comunidade, minha organização, outras pessoas é contando simplesmente a cada momento, tudo o que vivi lá, falando sobre os workshops em que participamos, a cimeira sobre o futebol para o bem estar, o fantástico torneio de futebol3 e muito mais.

Para finalizar, queria alertar ao mundo para que acreditem e continuem acreditando do poder do futebol em alcançar cada vez mais a mudança social que todos nós almejamos, com a inclusão de crianças e jovens, porque eles são o futuro e a mudança vive neles.

Edna Suzeth Tavares – Jovem Líder

Para mim, o festival significou a oportunidade dada às crianças e jovens que vivem numa sociedade diferente de partilhar as suas capacidade e suas habilidades.

A minha melhor experiência foi o convívio com pessoas de diferentes países, mesmo não falando a mesma língua mas pudemos entender uns aos outros, conhecer outras culturas, novas tradições e ficar a saber por exemplo como vive um iraquiano dia-a-dia mesmo estando no meio de grandes guerras e conflitos de forma tranquila foi a que mais me surpreendeu.

O outro facto curioso da qual eu jamais me vou esquecer é de ver que alguns não sabiam onde ficava Cabo Verde. A partir do momento que lhes mostrei e eles passaram a me chamar só pelo nome do meu pais, foi incrível.

Em forma de partilha dessa experiência, tenho em mente realizar um torneio de futebol3 para promover a paz e responsabilidade, pois isso deveria ser uma ferramenta que todos deveriam usar para promover a paz.

Carina de Pina – Jogadoracarina

Festival16 significou para mim, um intercâmbio cultural imenso, amizade, dança e muita celebração.

Tomar parte do festival da sfw com pessoas de culturas diferentes foi a minha maior experiência que vivi em Lyon no Campus da SDLV desfrutando do mesmo objectivo, o Fair Play.

Gostaria de partilhar a minha experiência com a minha comunidade em dizê-los tudo o que vivi lá e sobre tudo o que aprendi também.

Só queria dizer ao mundo “OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE” dado a mim e aos outros de fazer parte  deste evento que nunca esquecerei.

Ivanilda Santos – Jogadora ivanilda

O festival da sfw significou intercâmbio, amizade com diferentes culturas, línguas e pessoas. Foi também outra forma de ver o mundo.

Minha melhor experiência foi estar ai naquela atmosfera, no meio de tudo aquilo, partilhando experiências com diferentes pessoas de partes do mundo diferente em volta do mesmo objectivo, o Fair Play.

Gostaria de poder dizer a minha comunidade de que há muitas actividades que se podem fazer num curto espaço de tempo e de forma bem organizada, fácil de prepara e que envolva todas as pessoas independentemente das suas diferenças.

A mensagem que deixo ao mundo é o seguinte, “mesmo diferentes, somos todos iguais, lutando pelos mesmos objectivos de ser feliz e vivendo em paz e harmonia”.

A Delta Cultura Cabo Verde (DCCV), a delegação e cada membro em particular gostaria de agradecer e dar os parabéns a todos que fizeram com que a (DCCV) estivesse presente em mais um evento do tipo, em Cabo Verde, a GIRASSOL TOURS – Agência de Viagens e Turismo, Lda, a Câmara Municipal do Tarrafal (CMT), a Direcção Geral dos Desportos (DGD), o Ministério do Desporto (MD), ao Dj Nhukilo entre outros mais, o nosso muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*
Website