Delta Cultura Cabo Verde: Resposta ao COVID-19 no Conselho de Tarrafal, Santiago

Com a atual crise mundial (Pandemia do CORONAVIRUS) o país viu-se obrigado a tomar medidas rapidamente para conter o alastramento do vírus e consequentemente evitar grandes números de mortes. Desta forma, o Governo de Cabo Verde iniciou a quarentena obrigatória o que surpreendeu muitas famílias. A quarentena teve início em meados do mês de Março e perdurou até os finais do mês de Maio.

O Conselho de Tarrafal, como muitas localidades na Ilha de Santiago possui inúmeras famílias monoparentais que tiram o sustento através da venda, da pesca, da prestação de serviços domésticos, entre outros, o que com o confinamento obrigatório tornou-se difícil.

A Delta Cultura Cabo Verde iniciou ao planeamento da melhor estratégia para ajudar e/ou apoiar as famílias que enfrentavam/enfrentam maiores dificuldades em satisfazer as necessidades básicas, nomeadamente o de alimentação. Esse apoio deu-se através da distribuição de Cestas Básicas, da confeição e distribuição de máscaras comunitárias, da partilha nas redes sociais de informações úteis sobre a Higienização das mãos, do distanciamento social, entre outros.

Com a distribuição das Cestas Básicas foi possível apoiar mais de 100 famílias do Conselho de Tarrafal de Santiago. Todavia, num momento em que todos precisam de alguma ajuda como saber quais precisariam mais? Foi assim que o Staff da Delta Cultura começou a reunir nomes e informações sobre as famílias mais carenciadas do Conselho de Tarrafal, iniciando com as famílias das crianças que frequentam o Centro de Educação Delta Cultura para depois seguir para as famílias que precisaríamos de mais informações sobre suas situações.

As Cestas básicas foram entregues na casa de cada um dos beneficiários escolhidos, tomando-se todas as medidas de prevenção anunciadas pelas autoridades sanitárias.

Durante a entrega de máscaras comunitárias foram entregues um total de 600 máscaras para diferentes localidades do Conselho de Tarrafal. Não apenas se entregou as máscaras como também se utilizou esse momento para sensibilizar a população sobre a importância do uso das mesmas, bem como instruí-los da forma correta de as usar.

Durante a entrega das máscaras tomou-se medida de distanciamento, através do uso de cones a cada 1,5-2 metros de distância uns dos outros para evitar a aglomeração e o contacto entre os beneficiários, bem como de outras medidas de prevenção anunciadas pelas autoridades sanitárias.

As localidades abrangidas pela distribuição das Cestas Básicas e entrega das máscaras foram, Achada Moirão, Achada Biscainho, Trás dos Montes, Ponta Furna, Ponta Lubron, Chão Bom, Riba Strada, Zona de Cutelo, Achada Tomas, Colhe Bicho, Ponta de Gato, Monte Iria, Cascas, entre outros. Na tentativa de abranger as famílias mais carenciadas tentou-se não focar somente nas localidades perto do centro da Cidade mas também no interior, onde as ajudas chegam com mais dificuldades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*
Website